quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Mesa pra quantos?

Bem-Vindos!

Moda, pra mim, começou nos conjuntinhos de short e blusa soltinha que minha mãe fazia pra mim e minhas irmãs na época do carnaval ou natal ou ano novo. Cada uma ganhava uma cor diferente, e as três saíam felizes e contentes pelos bailinhos da vida.

Os anos se passaram e minha mãe me presenteava com vestidinhos, saias balonês, cinto de filó azul claro (adoraaaava) e mais outras tantas roupas. Das maravilhosas heranças que ela me deixou -felicidade, carinho e muito amor pelo próximo- está uma Singer com o desenho de margaridas brancas, que eu guardo com a minha vida.

Conto tudo isso pra explicar porquê gosto tanto de moda. Pra mim, é algo gostoso de brincar, de ver, de fazer. Por isso, o jornalismo e a moda andam juntos comigo. O que não faz de mim uma pessoa vazia, nunca! Adoro ler e estudar vários outros assuntos. A moda, pra mim, é mais um deles, um dos quais eu escolhi pra fazer parte da minha vida profissional.

Todos nós temos que nos vestir (a não ser os nudistas, aí é outra história!), então porque não dar uma caprichada?
Como fazer isso? Usando o que você tem de mais especial e diferente a seu favor. Usando as modelos e tendências como base, não como produto final.
Assim, você vai estar linda... e ainda vai ser única.

Este é um espaço para papear sobre moda e estilo, além de outras cositas más. Aqui não há preconceito, a diversidade é que traz o gostinho de quero mais.
E não se esqueçam: este é, acima de tudo, um botequim democrático.

Um comentário:

Tatiana disse...

Titília, querida! Estou felicíssima com este novo espaço, ansiosa por dicas e novidades, que vc entende, conhece e acompanha como ninguém! Nem preciso dizer o quanto tornou minha vida mais fácil e mais feliz, depois que virou minha personal stylist. Posso estudar e trabalhar tranqüila, sem me preocupar com a roupa que terei de usar em um lançamento, premiação, ou seminário... Luíza Brunet, que desdenhou o trabalho de personal naquela entrevista ao JB, é uma felizarda que não precisa dividir seu tempo de academia, tratamentos estéticos e outras cositas afins (e maravilhosas, claro) com os livros e os compromissos de horários. Ela tem tempo e dinheiro para comprar o quê e onde quiser. Infelizmente, por enquanto, faltam-me ambos e aí, oh Deus, tenho você. Que pensa por mim, em mim e no meu sucesso profissional. Além de ser talentosa, é sensível, inteligente, delicada, dedicada e amiga. O que mais posso querer? O sucesso é a transposição do limite para vc, minha querida.