sábado, 16 de fevereiro de 2008

Lar, doce bagunça


Pode ser apartamento, casa, casebre, meia-água (nossa, que coisa velha), no alto, no baixo, na cidade ou no campo. Aonde a gente mora é sempre importante pra vida que a gente leva. Muita gente cuida do corpo, da cabeça, tem roupas lindas, carros ótimos e... uma casa bagunçada. E aí não há faxineira que dê jeito: quando ela vem a casa fica linda, limpa e arrumada.... e no dia seguinte começa tuuudo de novo. A paz e harmonia do lar organizado não dura! Seja com ou sem filho ou animal de estimação ou parente bagunceiro, se a gente não mantém a bagunça toma conta do lugar.



Mas como a gente pode manter tudo organizadinho se não tem tempo nem pra organizar a si mesma? Simples, minha cara leitora. Mais simples do que você imagina. Organização leva tempo e paciência, por isso antes de por a mão na massa é melhor saber que vai demorar, mas vai te fazer bem (e aos que moram sob o mesmo teto que você também!).



A minha teoria é: vá devagar. Escolha um cômodo. Melhor começar com aquele que não te incomoda tanto ou não tem tantas coisas, assim você consegue acabar e logo passar pra outro. Por exemplo: a cozinha. Tire dos armários o que está muito velho ou danificado ou que não é utilizado há séculos. Isso vale para as louças que você ganhou de casamento e não gostou, mas tinha vergonha ou pena de jogar fora. A melhor solução é: doe. Depois de separado o que não vai ficar é hora de arrumar o que ficou. Passe um pano úmido em todo o interior e exterior do armário, seque e comece a organizar: o que você usa mais tem que estar à mão, o que usa menos pode ficar nos armários de cima ou de baixo, no fundo. Organize os livros de culinária (todo mundo deveria ter um, vai por mim, o da Dona Benta já fez milagres lá em casa) nesse mesmo armário.



Terminou? Ataque a geladeira e faça o mesmo. Tire o que vai para o lixo, limpe e organize nas prateleiras e gavetas. Ah! Coloque também um potinho com um pouco de pó de café, pra tirar o cheirinho estranho de geladeira e deixar um aroma suave.



Quer uma boa dica pra tudo o que sobrou da sua limpeza? Exército da Salvação. Entre no site (http://www.exercitodoacoes.com.br/), ligue e combine, que eles vão na sua casa buscar as coisas. Só não se esqueça de que coisas quebradas ou muito ruins têm que ir para o lixo.


Eu acho doar muito melhor do que aquelas garage sales (bazar de garagem) que os americanos fazem. É muito melhor dar o que você não quer ou não precisa, pois para outra pessoa esses objetos vão ser de grande utilidade.


Lembre-se: doar é um ato de amor com o próximo. E amor é o que a gente mais precisa hoje em dia.

Um comentário:

Sergio disse...

Ei, essa história de parente bagunceiro é alguma indireta??
:)