quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Malhação: você ainda vai precisar dela

Não adianta: eu posso reclamar, eu posso bater pezinho, eu posso odiar. Mas um exercício físico aqui e ali é necessário.
Então, mãos à obra: encontrei uma academia. Daquela só de mulheres, a Contours.

Primeira aula marcada, veio o desespero: roupas e acessórios de ginástica.

Ai.

Como encontrar roupas decentes e no mínimo básicas (porque pedir pra serem bonitas já é demais) para o tormento do dia?

Eu recomendo as lojas de departamento pra quem quer economizar (C&A e Leader são as preferidas, mas as Lojas Americanas, se não me engano, tem algumas coisinhas) ou lojas como a Sementeira (que é especializada em Yoga, mas elastano é elastano, dá pra usar em tudo o que precisar de muito movimento) pra quem está com um "tutu" a mais.

O que comprar?
- Calças capri (na altura da panturrilha) vão muito bem, bermudas são sempre perigosas e shorts só se você tem um corpaço e está lá apenas para passar o tempo;
- camisetas de tecido elástico (strech, elastano) que escondam a barriguinha, de preferência sem mangas e com costas de nadador, pra trazer conforto;
- tops só com camisetão por cima;
- camisetão é básico pras envergonhadas ou com um tantinho de vergonha na cara, então opte por aqueles de algodão, de modelagem larga mas não balão, com uma estampa delicada e legal na frente. Ah, procure na sessão feminina da loja, poooor favoooor;
- se você não é a Gisele B., nem se atreva a parar pra olhar os macacões, macaquinhos e similares, please.

Roupa resolvida? Check.
Vamos aos acessórios...

- Tênis: é essencial pra não estragar a coluna e manter a postura. Então corra para os mais simples, mas que oferecem amortecimento e conforto. E sejam leves, claro. Prefira as marcas mais conhecidas, mas também não precisa vender a casa pra comprar um Nike. A loja off da Adidas no Shopping Nova América é ótima opção. Se você não encontrar, por lá tem um montão de lojas de esporte legais. A Paquetá também é uma boa opção.
Cores: se você suportar, rosa ou azul. Se você for exigente, procure.

Pequeno obs.: minha saga maior foi com o tênis pra ginástica. Como não pratico exercício há anos-luz, não tinha um tênis para este propósito. De início "fiz a mão-de-vaca" e procurei pelos baratos. Encontrei opções de até 39 reais, mas que pesavam demais ou eram brutos demais. Não dá pra usar um monstro em cada pé que sobe no step. Quando desisti dos baratos, encontrei uma pechincha na Paquetá: um Olympikus por 99 reais, bonito e em outra cor que não rosa ou azul, confortável que só e com amortecimento. Uma belezinha.

- Bolsa: pode ser de marca esportiva, pode ser só de tecido, pode ser mochila. Desde que não seja muito chamativa (lembre-se que você não está no tapete vermelho, você está na academia) e tenha espaço pras coisinhas básicas: toalinha, sabonete, luvinha pra musculação, pente, prendedores de cabelo e por aí vai...

Daí é só encarar o pior: a freqüência. Tem que ir toda semana, nem que o furacão Ike chegue ao Brasil. Difícil? Quase impossível. Mas compensa, vai...

Um comentário:

daniella disse...

Adoooooooro seus posts!!! Estava sentindo falta!! bjs